Falar de sexo na terceira idade não é tão comum como deveria ser. Muitas pessoas pensam que chegando a essa fase, a vida sexual acaba. E isso é um erro enorme. Alguns fatores podem influenciar nessa percepção. É o caso do corpo mais envelhecido, a menopausa nas mulheres e a diminuição da função eréctil nos homens.

Os idosos merecem ter uma vida sexual ativa, mas se sentem constrangidos só de falar no assunto. Além disso, muitos não gostam de conversar nem mesmo com os próprios parceiros. O que muitos não sabem é que o sexo na terceira idade traz muitos benefícios para saúde e para mente, além das vantagens enormes para o relacionamento. Vamos conversar melhor sobre esses benefícios e como manter a atividade sexual?

A atividade sexual traz diversos benefícios

Primeiro é importante dizer que o sexo na terceira idade é recomendado, mas é claro que depende da saúde dos parceiros. Então, qualquer dúvida, não deixe de procurar por um médico. Caso não tenha nenhum problema, podem se jogar à vontade, mas sempre respeitando o limite dos dois.

O hábito regular do sexo, os níveis de hormônios se elevam, como da ocitocina, o que ajuda na redução do estresse. Além do aumento nos níveis de imunoglobulinas, que são importantes para o combate a infecções.

Um dos benefícios do sexo em qualquer idade é a descarga de endorfina. Durante o sexo, isso acontece no momento do orgasmo. É um efeito calmante e uma espécie de analgésico que funciona para o corpo todo. Mas, para o idoso, esse efeito analgésico diminui as dores no corpo. Ou seja, reduzir aquelas dores chatas de um jeito muito prazeroso. 

Muitas mulheres mantêm a auto-estima e a feminilidade, justamente por manterem a atividade sexual e se sentem muito melhor por não deixarem os cuidados de lado só por causa da idade. Nessa fase, muitas mulheres deixam de lado elas mesmas e passam a se preocupar só com filhos e netos, mas esquecem que precisam cuidar delas mesmas. Por isso, manter a atividade sexual permite que olhem mais para si mesma.

Aceitar que as mudanças chegam devido a idade e decidir aceitá-las parte muito dos homens. Não tem como comparar como era o sexo antes de como é o sexo na terceira idade. Ele será tão bom quanto, mas não será do mesmo jeito. E a forma que os homens lidam com o sexo durante a sua vida, preparam a sua mente para essas mudanças que vão acontecendo com o passar dos anos. Mantenha a mente aberta!

Os principais motivos que afastam o sexo na terceira idade

As mudanças que acontecem no corpo são os principais motivos para que os idosos não pratiquem mais atividade sexual. Mas, o que muitos não sabem ou sentem vergonha de procurar, é que existem muitas soluções de reduzir esses motivos que afastam o sexo na terceira idade. Separamos os dois principais motivos que levam os idosos a não praticarem atividade sexual.

As dores durante o sexo

Muitas mulheres começam a sentir dores mais frequentes durante o sexo. Isso acontece pelas mudanças que acontecem nas funções fisiológicas. Geralmente essas alterações chegam pelo fato da vagina não lubrificar mais como antes.

Algumas práticas podem ajudar a diminuir esse problema no sexo na terceira idade. Lubrificantes ou creme de estrogênio podem devolver a lubrificação na vagina. A reposição hormonal também é uma boa dica, mas só para as mulheres que podem utilizar esse método. O importante é procurar ajuda de uma profissional para indicar a melhor prática para você.

A mudança na ereção no sexo na terceira idade

É preciso aceitar que as mudanças chegam com a idade, e isso acontece com a ereção. Mas isso não quer dizer que ela não exista mais, ela apenas demora mais do que quando se é mais novo. Isso é muito natural e todos os homens passarão por isso.

Outro ponto é a duração da ereção e a quantidade de vezes que ela vem durante o sexo. Quando jovem é normal que a ereção dure por bastante tempo, mas, conforme a idade avança, o pique diminui e ela vai embora mais rápido. Além disso, aquelas maratonas sexuais, ou seja, a ereção por mais de uma vez durante aquele ato sexual, é quase impossível. E isso acontece realmente pelo pique e pela redução da testosterona.

Aceitar essas mudanças no sexo na terceira idade é que vai fazer a diferença em mantê-lo ativo. Afinal, isso não é uma exclusividade de apenas um homem idoso, mas isso acontece com todos os homens idosos. Essa fase é normal. É interessante procurar por um profissional que possa deixar bem claro os motivos dessas mudanças e como se adaptar a essa realidade.

O profissional ajudará a entender todo esse processo e como passar por essa fase do jeito que ela merece. É hora de quebrar esse tabu e falar mais sobre o sexo na terceira idade. Afinal, todos nós merecemos aproveitar cada fase das nossas vidas da melhor forma possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.